Nelson Rodrigues e Ryan Murphy

O escritor brasileiro disse – com a falta de modéstia que era lhe era característica – ser seu teatro rigorosamente profético. Tinha tudo que se faria depois em teatro e cinema.

Eu acrescentaria na TV.

Acontece uma coisa estranha no Brasil. As inovações dos seus autores passam desapercebidas durante décadas.

Nelson Rodrigues misturou tesão e homofobia 46 anos antes de Ryan Murphy criar “Glee”.

Ah, dirão os que não conhecem todas as facetas dos dois autores, mas ” Glee” é comédia dramática. É verdade, mas “A Vida como Ela É” também tem Drama, Tragédia, Farsa e Comédia. Na década de 50, do século XX.

Os dois autores são muito parecidos no principal traço de suas obras: falam das paixões universais a partir das culturas em que as histórias são contadas. A cultura deles. De forma crítica, mas a partir de histórias. Porque criticar sua própria cultura é uma forma de enaltecê-la.

Outra característica comum: a versatilidade. Conseguem transitar pelos quatro gêneros da Vida real.

Mais uma: outros autores os copiam. Sem dó, nem piedade e sem créditos.

A cena (e a dinâmica) entre o estudante negro e gay assumido e o bobão do filho do diretor em “Sex Education” é a mesma entre o fortão e Kurt em “Glee”.

Evidente que isso não é plágio. Era de se esperar que duas comédias highschool trouxesse esse tipo de relacionamento. Tesão e homofobia é quase um clichê de tão comum.

Mais uma semelhança: Nelson Rodrigues e Ryan Murphy usam e abusam de clichês. De novo, porque a fonte de inspiração é a vida real e a cultura deles.

Outra ainda: a disposição para correr riscos. Mudar de gêneros dramáticos, ir das lágrimas às gargalhadas, trazer para a narrativa temas espinhosos, não é para quem quer. É para quem pode.

Ficar na gaveta, no armário, no cercado é muito mais fácil.

Ah, só para esclarecer: Oscar Wild disse que “a humildade está para os hipócritas, assim como a modéstia para os incompetentes”. A falta de modéstia de Nelson Rodrigues não é citada aqui como um defeito.

Últimos textos
Arquivo