O sorriso ninguém me tira

Amar, gostar, apreciar escritores É simples. Quem ama escritores compra seus livros, vai nos lançamentos, pede autógrafo, lê os livros. Comenta depois. Dirão alguns: Isso é carência ou chantagem emocional? Eu respondo: sinceridade. Se eu deixar de amar meus livros, deixar de cuidar deles, quem fará isso por mim? Meus queridos amigos: mais um livro resgatado do “esgotados”. Espero que leiam e gostem. Amazon.com.br

Eu peço a Deus

Pedir a Deus um mundo cheio de Paz está difícil. Então... Eu peço a Deus: Que meus orgasmos sejam fruto do meu talento para sexo, em vez de consequência da prisão de políticos nos quais o povo brasileiro confiou; Eu peço a Deus: Que a minha alegria se deva ao meu empenho em ser feliz, em vez da destruição de reputações de pessoas em quem o povo brasileiro votou; Eu peço a Deus: Que me sobre trabalho e me falte tempo para fazer parte de Comitê Eleitoral de qualquer político corrupto que tenha traído as esperanças do povo brasileiro; Eu peço a Deus: Que me dê disciplina para deixar de ler as publicações de pessoas queridas que colocam suas carreiras, futuro, amizades abaixo de suas paixões,

Amazon

Espero que meus amigos leiam os livros publicados por mim na plataforma que tem o nome das guerreiras gregas. Espero que, se gostarem, recomendem aos amigos, se detestarem aos inimigos. Se puder, compartilhem no FB. Em vez de, no lugar das péssimas notícias que nos assolam. Livros no Brasil morrem. Edições pequenas se esgotam. Contratos caducam, ninguém mais lê as histórias que são pedaços da vida de quem as escreve. Triste, não é? Toda minha vida é dedicada a enfrentar a tendência à melancolia, ao quebranto. Por isso, escrevo. Por isso, estou na auto publicação de todos meus livros esgotados. Porque a tecnologia permite aos escritores o direito a manter as histórias vivas. Coisa boa. Elimi

Posts recentes
Arquivo