top of page

Os que fracassam ao triunfar


Gosto muito deste título do Freud. Porque é muito forte tentação de se entregar ao cansaço quando a praia já está à vista. Ou a de entrar numa de se vingar das desfeitas passadas muito depois do acontecido, justo quando as vitórias se acumulam. Não sei por que Freud se deteve num exemplo grandiloquente como Macbeth e as intrigas palacianas da mulher do regicida. No dia a dia, os exemplos de como é fácil fracassar ao triunfar são tão numerosos!

Quando publiquei meu livro autobiográfico “Amor em segredo”, um psicanalista comentou: impressionante que ela (eu) não seja ressentida.

É verdade. Não sou ressentida. Porque passo o tempo todo tecendo histórias, no devaneio, viajandona, sem lembrar os males que ficaram para trás, nem os maus que estão ao meu lado.

Alguém muito ressentido e atormentado me disse um dia: não sei como você consegue interagir com tal pessoa. Esse alguém estava atirando no que viu e acertando no que não viu. Por baixo da minha não percepção estava meu desejo de continuar nadando até alcançar a areia. Quando alcancei, estavam claras as marcas das garras (metafóricas, claro), mas se eu retaliasse gastaria a respiração disponível para o triunfo seguinte.

Porque tem isso também. O fracasso e o triunfo são transitórios, mas, me ensinou D.Yolanda, o fracasso pode se tornar um hábito. Um vício. Ela não dizia “pode se tornar”. Era assertiva demais para dar esse mole.

Se eu gastasse meu tempo cobrando as dívidas morais que tantos têm comigo (de dinheiro, de horas de dedicação profissional, de afeto não retribuído) eu não escreveria. O ressentimento mata, afoga. O pior é que mata e afoga o ressentido.

Por que estou escrevendo sobre fracasso e triunfo hoje? Porque descobri que, às vezes, preciso renunciar a coisas boas para não abrir caminho para o ressentimento. Dói? Muito. Mas abrir mão de conquistas, de pessoas, de afetos talvez seja um triunfo sobre minhas sombras. Não dá para ter tudo, se o mais importante for me manter inteira. Isso é triunfar? Não sei. Estou tentando descobrir.

コメント


Últimos textos
Arquivo
bottom of page